COMPARTILHAR

Depois de ver João Pedro e Gabriel Jesus se destacarem com a seleção brasileira no Mundial Sub-20, o Palmeiras vem tomando ainda mais cuidado com as promessas da base. Por isso, rejeitou duas ofertas de empréstimo pelo meia Gabriel Leite, de 20 anos. Uma de um clube da primeira divisão do futebol italiano e outra do Avaí.

O jogador se destacou na disputa da Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano. Logo após o torneio, o então técnico palmeirense, Oswaldo de Oliveira, integrou ao plantel profissional cinco jogadores da base. Além de Gabriel Leite, subiram Guilherme, Chistopher, Juninho e Gabriel Jesus. Destes, porém, apenas Jesus foi mantido.

Transição para o profissional

A ideia da diretoria é manter é manter Gabriel Leite no plantel sub-20, mas com treinos periódicos no time de cima para que ele ganhe experiência e para que a comissão técnica comandada agora por Marcelo Oliveira possa acompanhar sua evolução.

Confira lances de Gabriel Leite

Base em destaque no Verdão

No clube, há uma grande empolgação com as revelações da base. No ano passado, o Verdão já havia apostado em garotos formados pelo clube, promovendo ao time profissional Fábio, João Pedro, Gabriel Dias, Victor Luis e Nathan – Wellington e Renato já faziam parte do plantel.

Na Academia de Futebol, a base passou a ganhar mais espaço em treinamentos contra os profissionais. Na última segunda-feira, por exemplo, a equipe sub-20, que está invicta no Campeonato Paulista e no Brasileirão, disputou jogo-treino contra os reservas do Verdão, em atividade acompanhada de perto por Marcelo Oliveira e pelo diretor executivo Alexandre Mattos. Depois do vice-campeonato mundial com a seleção brasileira, na Nova Zelândia, Gabriel Jesus e João Pedro voltam aos treinamentos no Palmeiras nesta semana.