COMPARTILHAR

O clássico entre Palmeiras e Santos já foi disputado duas vezes no Allianz Parque – a reformada e moderna arena alviverde – e o Verdão venceu em todas as oportunidades. Como o estádio foi reinaugurado em novembro da última temporada, o espaço recebeu o embate apenas em 2015, sendo um triunfo palestrino na decisão do Campeonato Paulista e outro válido pelo primeiro turno do Campeonato Brasileiro. As duas partidas terminaram 1 a 0 a favor da equipe da capital paulista.

No antigo Palestra Italia, eterna casa alviverde, o clássico foi disputado 70 vezes (sem contar os jogos da arena). Foram 36 vitórias do Palmeiras, 20 empates e apenas 14 reveses. Enquanto isso, o retrospecto geral de confrontos é ainda mais favorável: 320 partidas, com 135 triunfos palestrinos, 83 igualdades e 102 derrotas.

Pela Copa do Brasil, os times voltaram a se enfrentar após 17 anos. O último confronto pela competição nacional havia sido em 1998, na semifinal, quando o Verdão encaminhou sua passagem para a grande decisão – e depois venceria o Cruzeiro – após dois empates: 1 a 1 em São Paulo e 2 a 2 em Santos.

Em 2015, as duas equipes também decidiram o Campeonato Paulista. Porém, antes da atual temporada, a última final havia sido em 1959, também válida pela competição estadual – naquela oportunidade, o Verdão superou o Santos liderado por Pelé e garantiu o 13º troféu do Paulistão.

A maior goleada da história do confronto aconteceu em dezembro de 1932, quando o Palmeiras emplacou um sonoro 8 a 0 sobre a equipe praiana. Além disso, a maior série invicta do embate pertence ao Verdão: 15 jogos, sendo 14 vitórias e um empate, entre julho de 1917 e junho de 1926.