COMPARTILHAR

O tempo de Roger Guedes no Palmeiras pode estar chegando ao fim. De acordo com a imprensa esportiva, a vontade do atacante é de se encaminhar para o futebol europeu nesta janela de transferência. A diretoria já está informada do desejo e fica no aguardo de propostas oficiais.

Até o momento, o Palmeiras só recebeu sondagens pelo atleta. O Palmeiras comprou 25% dos direitos econômicos de Róger Guedes há pouco mais de um ano por R$ 2,5 milhões do Criciúma, seu time revelador. O dinheiro foi repassado pelo então presidente Paulo Nobre, que deve receber a mesma quantia em caso de venda.

Vale destacar que na temporada passada, o Palmeiras descartou uma proposta de 8 milhões de euros, cerca de 30 milhões, do Spartak Moscou por Roger Guedes. A vontade de Guedes em sair do Palmeiras se deve a sua falta de entrosamento com o restante do elenco.

No começo do ano, ele chegou a abandonar a concentração ao ser informado que seria reserva em um jogo da Libertadores, recebeu um trote dos seus companheiros diante das câmeras e foi enquadrado por Felipe Melo em um treino.

Chegada de Cuca tende a amenizar desconforto do atleta

Intercalando o banco de reservas com a titularidade no início do ano, Roger Guedes se destacou em diversas partidas e voltou a se firmar com Eduardo Baptista por alguns jogos. No entanto, ele sofreu nova queda de rendimento e amargou a reserva.

A chegada de Cuca amenizou esse desconforto do atleta com seu retorno a equipe titular, justamente, com o treinador que lhe trouxe para o Palmeiras e lhe colocou na linha de atacante com Dudu e Gabriel Jesus no começo do Brasileirão 2016. Na época, Roger Guedes chegou a chamar atenção de olheiros europeus e recebeu as principais propostas.