COMPARTILHAR

Alberto Valentim, auxiliar-técnico permanente do Palmeiras nos títulos da Copa do Brasil de 2015 e do Campeonato Brasileiro de 2016, está de volta ao clube.

Após uma experiência como treinador do Red Bull Brasil no Campeonato Paulista deste ano, Alberto retoma o cargo que ocupou de janeiro de 2014 a dezembro de 2016.

Cláudio Prates, contratado no começo da temporada, seguirá no clube, mas se dedicará a atividades voltadas mais a análises e relatórios. Como treinador interino, Alberto soma 11 partidas, com seis vitórias, um empate e quatro derrotas.

Prestigio na comissão técnica e com a torcida

A volta de Alberto Valentim acaba por corrigir um erro apontado por grande parte da torcida e pelo próprio treinador Cuca. Poucos dias após a chegada de Eduardo Baptista, Valentim oficializou sua saída e aceitou convite para atuar como treinador profissional.

Na época, Cuca disse que a sua perda era considerável para o Verdão e que Valentim sempre lhe surpreendia com novas formas de treinamento e conceitos táticos.

Além disso, muitos torcedores consideravam que Alberto deveria ser o substituto natural de Cuca, uma vez que trabalhou em toda a campanha vitória do título do Brasileirão.

Essa constatação também é compartilhada pela diretoria que enxerga grande potencial no auxiliar técnico, mas não suficiente para assumir a equipe neste ano. De qualquer forma, Alberto Valentim retorna pouco mais de um mês depois do retorno de Cuca.

Vale lembrar que depois da campanha com Red Bull Brasil, Valentim esteve na Europa para acompanhar a treinamentos e jogos.