COMPARTILHAR

Com contrato até o fim do ano, o goleiro Fernando Prass já disse que deseja encerrar a sua carreira no Palmeiras e que gostaria de solucionar a sua situação o quanto antes, mas que a demora não tira a sua concentração dos treinos ou das partidas.

Neste caso, ele e outros atletas vão ter que esperar um pouco mais para tratar do alongamento do contrato. Ao menos, é o que garante o diretor de futebol do clube, Alexandre Mattos.

“Sobre o Prass, estamos muito focados em ganhar os jogos. Já falei para ele que tudo tem seu tempo. O tempo agora é de ajustar esse time, por isso que não vamos conversar agora com ele, Egídio, Zé… O tempo agora é focar nos objetivos”, disse o dirigente.

# Milhares pessoas já estão ganhando dinheiro apostando na BUMBET, cadastre-se e fature um bônus de boas-vindas!

Liberação para assinar pré-contrato? Atletas negam saídas!

Apesar da instabilidade no gol, Prass tem moral com a torcida, a comissão técnica e o presidente Mauricio Galiotte que já disse que a renovação é uma questão de tempo. O lateral Egidio vive a mesma situação e garantiu que também quer mais tempo de casa, mas que está pronto para seguir sua vida se não houver um acordo.

Já Zé Roberto, aos 43 anos, afirmou que não deve se reunir com Mattos devido a sua aposentadoria ser inadiável desta vez. Zé garantiu que deseja passar mais tempo com a família nos próximos anos. O defensor Antonio Carlos também tem contrato até dezembro, mas está emprestado pelo Tombense.

A possibilidade de acertar pré-contrato com outras equipes está descartada por todos, por enquanto. Vale lembrar que as últimas renovações e ampliações de contrato ocorrem após o título do Brasileirão e no começo da temporada. Em 2015, Prass também esperou passar o período de decisões para acertar sua permanência.

# Entre na BUMBET para apostar nos jogos do Palmeiras e faturar alto!