COMPARTILHAR

O sonho do bicampeonato da Libertadores não vai ser realizado nesta temporada. Infelizmente, o Palmeiras está fora da competição mesmo com a vitória de 1 a 0 em cima do Barcelona, do Equador, nesta quarta-feira (09), no Allianz Parque.

Com o gol de Moises, considerado o melhor da partida, a decisão foi para as penalidades. Guerra, Keno, Moises e Tche Tche converteram as suas cobranças, enquanto Bruno Henrique desperdiçou e Jailson recolocou o Verdão na disputa. Nas alternadas, Egidio errou a sua cobrança.

# Milhares pessoas já estão ganhando dinheiro apostando na BUMBET, cadastre-se e fature um bônus de boas-vindas!

Cuca tenta achar explicações

Após a eliminação, o treinador Cuca concedeu entrevista coletiva. “O peso não tem medida exata, é o maior que pode existir. É a competição que tínhamos priorizado e, infelizmente, não conseguimos passar adiante. Não conseguimos reverter o placar de 1 a 0. Mas foi um jogo de muita entrega e intensidade de ambos os lados. O peso é grande porque foi feito um investimento alto para o Palmeiras ganhar títulos neste ano. Por enquanto, não ganhamos nada”, declarou.

Com Dudu e Mina saindo por contusão e Moises, batendo sem condições, o treinador parabenizou a entrega do time. “Eles jogaram no limite deles, mas poderíamos ter uma qualidade maior se não tivéssemos uma ansiedade tão grande como no primeiro tempo. É um adversário perigoso, que busca a velocidade, mas poderíamos ter ganhado o jogo. Não posso reclamar de nenhum jogador pelo que vi fazerem em toda partida”, afirmou o treinador.

Apesar de lidar com a pressão depois de duas eliminações, Cuca afirma que a obrigação é estar na próxima Libertadores. “O Palmeiras joga pela Libertadores do ano que vem, o Palmeiras tem de estar de novo na Libertadores. Não sei se em quarto, terceiro, segundo ou primeiro no Brasileiro. Ninguém jogou a toalha. Mas temos de estar na Libertadores”, finalizou.

# Entre na BUMBET para apostar nos jogos do Palmeiras e faturar alto!