COMPARTILHAR

A espera foi longa. Sem fazer uma partida oficial havia mais de oito meses, o argentino Pablo Mouche, enfim, voltou aos gramados na última quarta-feira (26). O jogador entrou em campo aos 33 minutos do segundo tempo, no lugar de Zé Roberto, e pôde ajudar o Palmeiras na vitória de 3 a 2 sobre o Cruzeiro, no Mineirão, pela Copa do Brasil. Com o resultado, o Verdão se classificou para as quartas de final da competição. E, para o camisa 14, a partida foi o início de uma nova história no clube.

Totalmente recuperado de uma cirurgia para a reconstrução do ligamento cruzado anterior do joelho direito, sofrida em janeiro deste ano, Mouche não disputava um jogo oficial pelo clube desde o dia 7 de dezembro de 2014, quando defendeu o Palmeiras na partida contra o Atlético-PR, pela última rodada do Campeonato Brasileiro. Após mais de oito meses longe dos campos, porém, a agonia chegou ao fim e agora o argentino vislumbra dias melhores.

“Infelizmente, nós estamos sujeitos a esse tipo de lesão em nossa profissão e só quem já passou por isso sabe como é difícil. Foram meses de treinamentos intensos e de muita dedicação para poder voltar bem e com confiança. Queria agradecer todo o pessoal do clube que esteve ao meu lado durante esses meses, aos meus amigos e familiares, que me deram muita força, e aos torcedores do Palmeiras, que sempre demonstraram bastante apoio e carinho. Agora é seguir trabalhando duro para conseguir novas oportunidades e ajudar o time dentro de campo. Eu aprendi muito durante esse tempo, mas a partir de agora é vida nova”, vibrou o argentino.

Pablo Mouche chegou ao Palmeiras no meio de 2014 e fez a sua estreia pelo Verdão no dia 20 de julho, contra o Cruzeiro, no estádio do Pacaembu. De lá para cá, o atacante disputou 22 partidas oficiais, marcou três gols e deu uma assistência.