COMPARTILHAR

Apesar da má fase do Botafogo, que acabou rebaixado para a Série B em 2014, o volante Gabriel sobressaiu. Aos 22 anos, o jogador, que disputou 35 dos 38 jogos, terminou o Campeonato Brasileiro como o líder no quesito desarmes: foram 105 vezes, 15 a mais em relação ao segundo colocado.

Natural de Campinas-SP, o atleta, emprestado até o fim de 2016, foi contratado por indicação de Oswaldo de Oliveira, um de seus treinadores na equipe carioca.

No primeiro semestre de 2015, o volante manteve a boa fase. Além de, ao lado de Prass, ter sido o jogador com mais duelos (21 partidas após o término do Paulista), Gabriel foi eleito o melhor volante do torneio estadual (junto do companheiro Arouca).

No meio do ano, quando ganhou uma música e o apelido de ‘Pitbull’ da torcida, o atleta machucou gravemente o joelho esquerdo e ficou fora do resto da temporada. Bastante emocionado no título da Copa do Brasil, Gabriel prometeu voltar ainda melhor em 2016.

Quando estava se firmando com o treinador Cuca, ele voltou a sentir uma lesão séria. Às vésperas de voltar aos gramados após uma recuperação incrível, Gabriel quer provar seu valor e ser contratado em definitivo pelo Palmeiras.

FICHA TÉCNICA
Nome: Gabriel Girotto Franco
Posição: Volante
Naturalidade: Campinas/SP
Nascimento: 10/07/1992
Altura: 1.71m
Camisa: 18
Jogos: 48
Gols: 2
Clubes: Botafogo (2012-2014) e Palmeiras (desde 2015)
Títulos: Campeonato Carioca (2013) e Copa do Brasil (2015)