COMPARTILHAR

O meia-atacante Ryder, contratado em janeiro, está deixando o Palmeiras. A tendência é de que ele volte ao futebol italiano. A passagem do jovem de 22 anos pelo Palestra Itália foi tímida. Ele disputou apenas três partidas (uma pelo Paulista, uma pela Copa do Brasil e um amistoso) e não marcou gols.

Seus momentos de maior destaque foram em jogos-treinos, quando costumava atuar bem. Nas últimas semanas, porém, vinha sendo utilizado até na lateral direita neste tipo de atividade. Este será o segundo dos 24 contratados pelo diretor de futebol Alexandre Mattos para esta temporada a deixar o clube.

Trajetória do jogador

Ryder foi revelado pelo Vitória, mas nem chegou a atuar como profissional. Aos 14 anos, já jogava na base do Fiorentina (ITA), onde se destacou e ganhou o apelido de “Messi brasileiro” da imprensa local. Na equipe principal, porém, o sucesso ficou longe de ser o mesmo.

Entre 2012 e 2013, ele foi emprestado ao Bahia, onde chegou a disputar a Copa São Paulo Júnior. Recentemente, estava no Córdoba, da Espanha, onde mal entrou em campo.